ORGANIZAÇÃO DO TRATATO DO ATLÂNTICO NORTE (OTAN): UMA PERSPECTIVA DA SUA EVOLUÇÃO E DA SUA CONJUNTURA POLÍTICO-ESTRATÉGICA

  • TC Gustavo Monteiro Muniz Costa

Resumo

O presente artigo buscou, primeiramente, estudar a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) após a Guerra Fria, a partir da análise de suas principais operações e decisões de cúpula, das novas adesões e parcerias e dos seus Conceitos Estratégicos. Posteriormente, analisou a sua situação recente, sua estrutura estratégico-operacional, os principais fatos exógenos à Aliança que a impactaram nos últimos anos, os trabalhos prospectivos “OTAN 2030: Unidos por uma nova Era” e a agenda “NATO 2030”, elaborados com vistas ao seu novo Conceito Estratégico, previsto entrar em vigor neste ano. Ao fim, concluiu que a Aliança evoluiu de um tratado de defesa coletiva territorial para um instrumento de atuação de seus principais membros além do espaço euro-atlântico e que a atual invasão russa à Ucrânia tende a fortalecer os laços entre os seus integrantes, minimizando os desentendimentos internos e desenvolvendo novas capacidades militares, com consequente aumento de sua importância político-estratégica no mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

TC Gustavo Monteiro Muniz Costa

Oficial de Cavalaria, formado na Academia Militar das Agulhas Negras em 1999. Possui os cursos de Comando e Estado-Maior pela ECEME e Avançado de Inteligência pela EsIMEx. Realizou o curso de Comando e Estado-Maior Internacional na Führungsakademie der Bundeswehr, na Alemanha. Atualmente comanda o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de Porto Alegre.

Publicado
2022-05-02