Nesta segunda edição do ano de 2019, a Revista Verde-Oliva apresenta toda a dinâmica da relação do Exército com a Nação Brasileira, desde Guararapes até os dias atuais, relatando o seu inalterável compromisso histórico com a defesa da Pátria. O emprego disciplinado das forças do Exército Brasileiro não foi uma qualidade adquirida pelo simples aprendizado de técnicas existentes. Em Guararapes, a técnica foi não ter técnica, foi o improviso, foi a fusão de raças, foi a proteção dada por Deus à Terra de Santa Cruz. Nos séculos seguintes, o invicto Exército de Caxias respondeu a agressões e violações contra a soberania brasileira e defendeu a liberdade e a democracia no mundo, entrando para a história como a única organização de força militar terrestre da América Latina a combater no Teatro de Guerra da Europa durante a 2ª Guerra Mundial. Do período colonial, passando pelo Império e culminando no período republicano, é de se observar que mesmo com tantas variações de regimes e formas de governo, o Exército Brasileiro permaneceu apegado aos mesmos valores de instituição permanente que é, que a sustentaram e que lhe deram coesão desde a sua formação. Durante o contínuo processo iniciado em Guararapes, os brasileiros persuadiram-se quanto à importância de fazer o emprego desse poder militar, conscientes das necessidades e dos objetivos nacionais do País. Assim, o Exército atuou e tem se empenhado pelo desenvolvimento nacional e bem-estar social dos brasileiros. O Braço Forte sempre sustentou a Mão Amiga que constrói estradas, que apoia imigrantes na fronteira, que assiste desabrigados em calamidades e que se faz presente em todos os lugares para todos os brasileiros. Esta edição também destaca a presença do Exército Brasileiro nas atuais missões de paz e de desminagem sob os mandatos da ONU e OEA respectivamente, confirmando a importância e o valor que a Força Terrestre atribui, ao longo de mais de setenta anos, às relações entre o Brasil e os outros Estados Nacionais. Finalizando, é feita a apresentação dos Programas Estratégicos do Exército que visam manter a capacidade da Força em um cenário mundial de rápidas mudanças e inúmeras incertezas, sempre na busca de êxito dos propósitos nacionais e da consecução dos objetivos institucionais em benefício do Estado. Uma ótima leitura! Gen Div RICHARD FERNANDEZ NUNES Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército

Publicado: 2019-11-14

Edição Completa

Centro de Comunicação Social do Exército

1-60

A nossa história: Batalha de Guararapes

Centro de Comunicação Social do Exército

6-7

A Nossa História: Guerra da Tríplice Aliança

Centro de Comunicação Social do Exército

8-12

A nossa história: II Guerra Mundial

Centro de Comunicação Social do Exército

14-19

O Seu Exército Hoje

Centro de Comunicação Social do Exército

20-21

O Seu Exército Hoje: Subordinação

Centro de Comunicação Social do Exército

22-23

O Seu Exército Hoje: Concepção

Centro de Comunicação Social do Exército

24-25

O Seu Exército Hoje: Articulação

Centro de Comunicação Social do Exército

26-27

O Seu Exército Hoje : Mão Amiga

David Robinson da Silva

38-39